Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Flexibilizar para conciliar

Flexibilizar para conciliar

Sr. Empregador, não sabe vencer a crise ? Pergunte ao Mourinho

01.05.11, flexbilizar ~ conciliar
Senhor(a) Empregador(a)

Costuma olhar para os seus colaboradores?
Quando digo olhar, digo mal. Reformulando – Senhor empregador, costuma ver os seus colaboradores?
Pois é. A língua portuguesa é muito traiçoeira e ver não é o mesmo que olhar. Quantas vezes já se interrogou por a expansão e o gráfico de produtividade não atingirem os valores que esperava, apesar de todas as condições ergonómicas que criou?
Já olhou bem para os/as seus/suas colaboradores/colaboradoras? Já os viu, realmente?
Há muito tempo que deixei de me interessar por futebol, mas não sou indiferente ao que se passa no Mundo e as notícias do futebol invadem a nossa casa, na hora das refeições. Acabamos por conviver com elas e, no meu caso, por as analisar. Que pensam do José Mourinho? Acham que o sucesso dele é apenas devido à sorte? Os êxitos conseguidos em Portugal, Inglaterra, Itália e Espanha serão apenas devido ao acaso? Ou será que ele é um verdadeiro “gestor de pessoas” e consegue tirar delas (daquelas que tem naquele instante), o melhor que elas têm para dar? Que pensam disso? Sorte, acaso, ou estudo da personalidade de cada um dos seus colaboradores, proporcionando-lhes todas as condições sociais e emocionais, para que eles tenham como preocupação única a sua tarefa, o seu desempenho, porque todas as outras (familiares e sociais) estão asseguradas?
Acha-se menos profissional que o José Mourinho (respeitando a diferença do ramo de actividade)?
Acha que ele é um super-homem? Ou será que ele é apenas um homem atento, que sabe ver quem tem à sua volta?
Pense nisso, na sua próxima contratação de um(a) colaborador(a) para a sua firma.

Carlos Oliveira

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.