Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Flexibilizar para conciliar

Flexibilizar para conciliar

Este país não é para mães e pais...

10.05.11, flexbilizar ~ conciliar
Depois, de por acaso ter desembocado numa série de blogs onde algumas mães publicaram as suas experiências de mães e pais neste país de mentalidades caducas, resolvi ressuscitar o meu blog para também acenar esta bandeira...tão pomposamente chamada de "conciliação entre a vida familiar e profissional". E teria tanto a dizer! Eu que saí, (...)

O bem estar do trabalhador no local de trabalho passa também pelo bem estar em casa

02.05.11, flexbilizar ~ conciliar
Sejamos honestas.. Não me posso queixar! Tenho um Chefe muito pouco fléxivel, mas que sabe quais são os meus direitos.. Não contesta quando "preciso" deles.. Não gosta, mas não refila! Se preciso de ficar com os miudos em casa, fico. Se preciso sair mais cedo, saio. Se precisar chegar mais tarde, chego. Tirei os 5 meses de licença ( minha opção) e Utilizei a licença de aleitamento até fazer 1 ano com os horários reduzidos! Se por algum acaso preciso de sair mais tarde do (...)

O trabalho é uma troca e deve ser saudável e feliz

02.05.11, flexbilizar ~ conciliar
Há dois anos, mais coisa menos coisa, pus fim a uma pretensa carreira no jornalismo, sobre a qual não me vou perder em conjecturas. Creio que o motivo mais forte seja esse maldito estado de amor sem retorno, que desgastou de tal forma a relação ao ponto de, pura e simplesmente, já nada existir entre nós. Eu sou assim. Demoro a desiludir-me, mas quando o ponto final surge, é redondo, pesado e, quase sempre, definitivo. Nessa profissão, em que se exige uma relativa disponibilidade, (...)

Revolução : Flexibilização à séria

01.05.11, flexbilizar ~ conciliar
A revolução do mercado de trabalho que se impõe actualmente – vou chamar-lhe a flexibilização à séria – acabará por acontecer, penso eu de que, mais tarde ou mais cedo. Neste caso, infelizmente, será mais tarde, porque tratando-se mais de uma alteração de mentalidades do que outra coisa, já se sabe que é mais demorada. Posto isto, importa então, antes de mais, esclarecer duas coisas: Primeira, se acabará por acontecer para quê marcar presença neste evento (...)

Eu queria trabalhar melhor e ser ao mesmo tempo uma mãe melhor e uma pessoa mais feliz, e por tudo isto, mais útil à sociedade

01.05.11, flexbilizar ~ conciliar
Tenho um emprego porque preciso de ganhar um salário. Se não precisasse de dinheiro, não tinha um emprego. Não preciso da realização pelo trabalho, pelo trabalho enquanto função produtiva numa empresa que está no nosso sistema de organização laboral, que é capitalista (ainda). Isto é um ponto prévio para que fique clara a minha posição quanto ao trabalho - não acho que ter um trabalho remunerado faça de nós melhores pessoas porque sim. Aliás, não tenho pachorra para o (...)

Por utilizar os meus direitos fui acusada de ser inflexível e ter horário de função publica

01.05.11, flexbilizar ~ conciliar
Trabalhei numa empresa durante 9 anos, quando engravidei do meu filho, tive que mudar de chefe, que era super porreiro, para outro que se veio a tornar num sacaninha. Era nosso colega e subiu de posto e o posto subiu-lhe a cabeça. Adiante, as 30 semanas, vim para casa com contracções tal era o estado de nervos em que me encontrava, não tive tempo de formar devidamente a pessoa que iria ficar no meu lugar e tinha sido combinado com o director de área, a cima do meu chefe directo, que (...)

Pela flexibilidade, sempre!

28.04.11, flexbilizar ~ conciliar
Uma causa justa e válida, com tanto significado, que condiz na perfeição com a data que hoje se comemora.Há dias mais do que outros, vá, muitos dias mesmo, que vemos a falta de flexibilidade como algo que gostaríamos de extinguir do nosso vocabulário e do nosso estilo de vida.Damo-nos conta disto quando faltamos a uma reunião na (...)

A analisar caso a caso

28.04.11, flexbilizar ~ conciliar
Só uma mãe capotada para se sair com um movimento destes! Mas a verdade é que ela tem razão: nem sempre é preciso estar sentada atrás da secretária o dia inteiro para fazer o trabalho. Há gente que consegue orientar-se com metade do salário e portanto preferia ter um part-time que permita ir buscar os filhos à escola a tempo e horas. Há gente que não tem clientes para atender e trabalhar no escritório ou numa (...)

É preciso mais que apelar ao aumento do indíce demográfico: é preciso dar condições às famílias para que queiram ter filhos, para que possam ter filhos

28.04.11, flexbilizar ~ conciliar
Hoje é um dia excelente para participar. O meu filho, Guilherme, faz 5 meses. Nasceu a 17 de Dezembro, uma semana antes do Natal, foi o mais maravilhoso dos presentes que a vida me deu. O Guilherme esteve congelado 2 anos na MAC. Durante 7 anos tentámos concebê-lo sem sucesso. Em Novembro de 2009 tive oportunidade de mudar de trabalho para um ramo da mesma actividade com níveis de stress muito inferiores e em Março de 2010, depois da transferência de embriões congelados, (...)

Porque é importante que estas situações "flexíveis" sejam reconhecidas dentro das empresas, e do conhecimento geral dos direitos de quem as exerce ou quer...

28.04.11, flexbilizar ~ conciliar
Apesar de ter passado muitos maus bocados nos meus já 19 anos de trabalho, actualmente tenho de confessar que não posso queixar-me muito. (reparem: muito!) Mas posso continuar a queixar-me, porque a alguma flexibilidade de que disponho actualmente, é-me dada "por favor" pelo meu chefe. Primeiro que tudo, gostava de esclarecer um ponto importante: para mim, a flexibilidade de que necessito passa pelo requisito imprescindível de não poder renunciar ao meu salário: nem todo nem de uma (...)